terça-feira, 24 de novembro de 2015

Silva propõe nova viagem musical em seu terceiro álbum "Júpiter"

Silva lança seu terceiro álbum, intitulado "Júpiter" (Foto: Divulgação)


O cantor e multi-instrumentista capixaba Silva, lançou na última sexta-feira (20/11) o seu novo disco, intitulado "Júpiter".

Atualmente ele desponta no cenário musical brasileiro, coleciona parcerias e boas críticas sobre seus álbuns.

É perceptível seu amadurecimento e versatilidade ao longo de seus trabalhos. Seu primeiro disco "Claridão" (2012 - Slap) trazia canções singelas com a mescla de batidas eletrônicas e instrumentos clássicos como o violino e falavam principalmente de mudanças, um reflexo do próprio Lúcio; a faixa que abre o álbum é "2012", ano em que se previa até o fim do mundo, porém o acontecimento marcante desse período foi a chegada definitiva desse excelente cantor de sonoridade expressiva.

Em "Vista pro Mar" (2014 - Slap), segundo CD da carreira, Silva mergulha nos arranjos versáteis e como o próprio título diz te coloca em frente ao mar para sentir desde a brisa leve de um amor, a espera do entardecer e a força da maré que te traz um misto de sensações e emoções. Esse disco te leva para um momento de reflexão e uma imersão completa em uma atmosfera leve e fluída.

"Júpiter" (2015 - Slap) é o trabalho mais recente, já começou misterioso, pois o cantor colocou em suas páginas uma contagem regressiva até declarar que se tratava de um novo CD. A primeira canção revelada foi "Eu Sempre Quis". Como já era de se esperar Silva se reinventou, como ele próprio descreveu, seu álbum é minimalista e também intimista, ele apresenta batidas, guitarras e sintetizadores em uma forma mais econômica, porém contrabalança com letras críticas e mais maduras.




Em parceria com seu irmão Lucas Silva ele assina grande parte das composições e ao longo das 11 faixas versa sobre o amor e escolhas, o que sugere um disco confessional, sobre experiências vividas, frustrações e reviravoltas. 

Na faixa título, Silva propõe uma viagem a um novo lugar, com um tom coeso ele fala sobre grandes problemas enfrentados ultimamente, os esteriótipos e a resignação e sugere para os que querem mudar embarcarem com ele.

Além disso, ele fala sobre um amor liberto de amarras em "Sufoco"; descreve a sensação que muitos tem sobre sí, a maneira de se aceitar como é e as barreiras impelidas pela sociedade em "Sou Desse Jeito"; coloca em pauta um tema universal, o amor e todas as suas incertezas em "Se Ela Voltar"; aplica uma nova roupagem na música de Dorival Caymmi "Marina" e finaliza mandando um belo recado em "Notícias", canção na qual fala sobre seguir em frente e buscar realizar os sonhos, independente dos percalços do caminho.


Para ter maiores informações sobre o cantor basta entrar no link a seguir: silva.tv


OUÇA AGORA
ao

3 comentários:

  1. Achei o CD genial. É tão bom saber que a MPB ainda produz talentos para compor músicas de qualidade. Afinal, não aguento mais tanta música massificada divulgada pela mídia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente Paulo Grieg, o CD do Silva traz letras e sonoridade simples, mas ao mesmo tempo diferente do que é "empurrado" pela mídia diariamente. É um álbum de extrema qualidade.

      Excluir
  2. Achei o CD genial. É tão bom saber que a MPB ainda produz talentos para compor músicas de qualidade. Afinal, não aguento mais tanta música massificada divulgada pela mídia.

    ResponderExcluir